Guia Completo Sobre a Galinha Legorne

A Galinha Legorne tem como principal utilidade a produção de ovos, botando cerca de 180 a 250 ovos de cor branca por ano. Ela é de origem Italiana. Os galos podem chegar a pesar cerca de 3 quilo e meio e as fêmeas até 2 quilos e meio. Também existe a versão anã desta raça de galinha. Nela os machos pesam cerca de 1 quilo e as fêmeas ficam em torno de 900 gramas.

Galinha Legorne

Cores da galinha Legorne

As principais cores disponíveis são preto, azul, marrom, castanho, esverdeada, cinza, preto com manchas, vermelho com manchas, branco e vários outros tons. A Galinha Legorne pode ser uma boa poedeira, porém raramente vão chocar os ovos. Amadurecem cedo, são aves resistentes, e tem o ovo mais nutritivo entre as raças puras. Devido ao peso leve, consegue voar bem.

Origens da galinha Legorne

A Legorne é originária da Itália, e começou a ser enviado para a América por volta de 1830. Muitas vezes é considerada como um pássaro americano. A espécie foi refinada e aperfeiçoada, tornando-se em uma raça estável nos Estados Unidos, antes de ser reenviado de volta para a Europa. Ela chegou ao Reino Unido em 1869. A Galinha Legorne branca têm sido uma das principais produtoras de ovos nos EUA, uma vez que o mercado americano exigiu ovos brancos, e tem sido amplamente utilizada em sistemas de postura em gaiolas.

Finalidade da galinha Legorne

As linhagens comerciais de Galinhas Legorne brancas podem ser muito boas produzindo ovos, com algo em torno de 250 ou mais ovos por ano. Já galinhas ornamentais irão botar muito menos do que isso. Mesmo que a Legorne tenha originado das mesmas aves nos EUA e no Reino Unido lá na década de 1870, havia muitos embarques de e para a América, de diferentes variedades de cores e, gradualmente, ao longo do tempo, as criações nestes países tomaram direções opostas de acordo com as modas do momento.

A Galinha Legorne Britânica tornou-se uma ave maior, com cristas maiores e com rabos apertados. Já a variedade norte americana foi exatamente o oposto. Até o final da 1ª Guerra Mundial os carregamentos interceptados com uma das espécies não tinham qualquer utilidade para os criadores da outra. A Galinha Legorne tornou-se efetivamente duas raças diferentes, mantendo o mesmo nome. Hoje, as raças ainda mantem essas diferenças. E é possível ver as diferenças quando se olha para fotos do Legorne em livros escritos por Americanos e Britânicos.

Na Alemanha, as Galinhas Legorne são chamadas de Italieners e na Holanda, são chamados de Leghorns. Os padrões existentes são muito semelhantes e são muito próximas às aves originais que vieram da Itália, com exceção de algumas características. As aves europeias são muito mais parecidas com as Legornes que são encontradas no Reino Unido.

Você gostou? ⤵ A sua opinião é muito importante!
Total: 0 votos - Média: 0 estrelas

Saiba os segredos para criar aves!

Coloque seu melhor email para receber gratuitamente as melhores dicas e informações sobre o seu pássaro favorito!