Guia Completo Sobre o Galo Índio Gigante

O Galo Índio Gigante é muito popular entre os criadores de galinha caipira. Isso se deve ao motivo deles terem a capacidade de melhorar a genética da criação. Seus filhotes terão várias características desejadas, especialmente relacionadas ao seu tamanho. A raça é muito conhecida entre os criadores, conquistando a preferência de diversas pessoas. Ele foi desenvolvido por criadores dos estados de Goiás e Minas Gerais, através do cruzamento de diversas raças, buscando sempre alcançar as características físicas conhecidas atualmente.

Galinha Indio Gigante

O Índio Gigante quando adulto pode alcançar mais de 1 metro de altura! Na cidade de Araguari, em Minas Gerais, tem um exemplar chamado “Tião” que está com 1,17 metros. Você pode conferir clicando aqui. Esta raça consegue converter muito bem o consumo dos alimentos em ganho de peso. São bastante rústicos e apresentam boa produção, tanto de ovos quanto de carne. O país de origem da raça é o Brasil, sendo descendente de raças usadas em rinha, raças puras como Shamo e Malaio) e também da galinha caipira Brasileira.

São considerados como aves ornamentais, e por isso o preço do Galo Índio Gigante normalmente é alto. Os pintinhos da espécie chegam a custar R$60,00 cada um. Uma franga pode facilmente ser encontrada por R$450,00 e os machos adultos chegam a surpreendentes R$2.000,00 ou mais, dependendo da qualidade do animal.

Características do Galo Índio Gigante

As canelas, bico e a pele são amarelados. Suas pernas são bem compridas e seu pescoço costuma ficar arqueado. Eles não possuem um padrão definido para a crista, podendo ser em formato de bola ou ervilha. Já a barbela é bem pequena. As penas são escassas, duras e bem coloridas. Suas coxas são musculosas e bem definidas. Os machos adultos pesam até 8,5 kg, sendo que alguns conseguem pesar mais de 10 kg. As fêmeas são menores, mas mesmo assim ficam com mais de 3 kg e botam cerca de 160 ovos por ano.

Rações para o Galo Índio Gigante

  • Pintinhos até 30 dias: 50% de farelo de soja, 10% de farelo de trigo, 40% de milho, 3% sal mineral de vaca de leite e núcleo vitamínico, mineral e aminoácido. Quantidade de acordo com a marca;
  • Ração de crescimento até 7 meses para Galo Índio Gigante: 40% de farelo de soja, 10% de farelo de trigo, 50% de milho, 3% sal mineral de vaca de leite e núcleo vitamínico, mineral e aminoácido. Quantidade de acordo com a marca;
  • Após 60 dias já pode começar a oferecer o milho em grão;
  • Ração de Postura para Galinha Índio Gigante: 40% de farelo de soja, 60% de milho, 10% calcário calcítico 3% sal mineral de vaca de leite e núcleo ( a quantidade de núcleo é de acordo com a marca).

Manejo para criar Galo Índio Gigante

O manejo básico da criação de Galo Índio Gigante é praticamente o mesmo de outras raças, como aplicar todas as vacinas necessárias, ter um “galinheiro” ideal par que possam se proteger das condições climáticas, uma ração balanceada e de qualidade, e também um local com pasto, para que a ave possa ficar. A rusticidade desta raça permite que você faça um alojamento simples, usando restos de madeira, pregos e arames. O indicado é ter pelo menos 2 paredes de alvenaria, para que a ave possa se abrigar de ventos fortes. A cobertura pode ser de telha e o chão de cimento ou terra batida, sendo indicado colocar uma cama com raspas de madeira, palha de arroz ou outros materiais que consigam absorver os dejetos das aves

Melhoramento Genético do Galo Índio Gigante

O Índio Gigante consegue passar a seus descendentes as qualidades da Galinha Caipira comum, como carne mais firme, pouca gordura e o sabor excelente. Ele é muito usado para realizar cruzamentos com outras raças puras, como Plymouth Rock, New Hampshire, Rohde Island, Lith Sussex, Gigante de Gersey e Turkem, desta forma as crias terão uma maior precocidade, ou seja, irão ganhar peso mais rapidamente e poderão ser vendidas em menos tempo, gerando uma grande economia com alimentação para o criador.

Reprodução do Galo Índio Gigante

Com 7 a 8 meses de idade eles começam a ficar maduros. As fêmeas de Galo Índio Gigante irão botar entre 100 a 180 ovos por ano, dependendo da qualidade da alimentação e também da idade, sendo que com 3 anos a quantidade de ovos começa a cair e com cerca de 5 anos fica bem escassa. Recomenda-se que seja utilizada uma chocadeira para realizar a incubação dos ovos, garantindo assim um maior nascimento de filhotes. Se for possivel, procure deixar os machos separados. Entre sete e oito meses de vida, a ave atinge a maturidade sexual, e aos 14 meses estão completamente desenvolvidas.

Onde Comprar Galo Índio Gigante?

Na internet existem diversos anúncios onde você pode comprar ou vender Galo Índio Gigante. Procure saber mais detalhes sobre o criatório, a qualidade das aves, se foram vacinadas, a idade dos galos (caso compre adultos). Desconfie de anúncios ou vendedores que vendem seus animais a preços baixos. Tais anúncios podem estar vendendo aves com problemas de saúde ou que não sejam de alta qualidade. Aproveite para ver outras raças de galinhas.

Você gostou? ⤵ A sua opinião é muito importante!
Total: 0 votos - Média: 0 estrelas

Saiba os segredos para criar aves!

Coloque seu melhor email para receber gratuitamente as melhores dicas e informações sobre o seu pássaro favorito!