Saiba Tudo Sobre o Ganso-de-toulouse

O ganso-de-toulouse pertence a família Anatidae. Em inglês ele é conhecido como Toulouse goose. São muito utilizados para produção de patê de foie gras em diversos países da Europa e da América. São especialmente criados para a alimentação, porém também podem ser utilizados como guarda e ornamentação. Suas penas também são aproveitadas para fazerem travesseiros e outros produtos.

Saiba Tudo Sobre o Ganso-de-toulouse

Distribuição do ganso-de-toulouse

Estes gansos são conhecidos e foram domesticados a séculos. São originários de Toulouse na França, sendo a raça mais criada por lá.

Características físicas do ganso-de-toulouse

É um dos maiores gansos e também mais pesados. Quando adultos os machos podem atingir entre 12 a 15 quilos, com as fêmeas sendo menores, variando entre 8 a 10 quilos. As suas penas são de um tom cinza claro com algumas cinza escuro. Possuem uma grande cabeça que é curta e larga. Seu bico alaranjado-pálido é bem forte, sendo mais alto na base, próximo a cabeça. Eles crescem com certa facilidade, desde que tenham uma boa alimentação. É possível que eles tenham mais de 4 quilos quando estiverem com 2 meses e meio.

Alimentação do ganso-de-toulouse

São aves que adoram pastar e podem ficar boa parte do dia andando em busca de alimentos comendo praticamente tudo que encontrar. Em cativeiro pode ser alimentado com ração e milho, também sendo importante que receba alimentos verdes, como verduras, especialmente se não tiverem acesso a um local de pastagem.

Reprodução do ganso-de-toulouse

Eles atingem a maturidade sexual com cerca de 1 ano de idade. Eles não formam casais fixos, com um macho podendo acasalar com diversas fêmeas. Cada uma delas irá fazer a postura de 40 e 60 ovos, geralmente entre julho a dezembro, que poderão ser incubados por cerca de 28 dias. São aves bem precoces e que podem reproduzir desde os 8 meses até os 8 anos de vida. Não é necessário que eles tenham uma fonte de água para nadar, porém, acredita-se que isso possa auxiliar na reprodução.

As fêmeas são boas mães, porém costumam ser desajeitadas devido ao seu grande tamanho. Com isso podem acabar quebrando ovos durante o choco. Isso não é uma regra, mas se acontecer em sua produção talvez seja melhor arrumar aves menores para chocar os ovos ou então utilizar uma chocadeira.

Você gostou? ⤵ A sua opinião é muito importante!
Total: 1 votos - Média: 5 estrelas

Saiba os segredos para criar aves!

Coloque seu melhor email para receber gratuitamente as melhores dicas e informações sobre o seu pássaro favorito!